Rumo a neutralização do carbono no Estado do Rio de Janeiro

Por:
08/06/2021


Ação pretende fomentar e regulamentar um mercado de carbono no Estado do Rio de Janeiro. Situando o estado o Rio de Janeiro na vanguarda e liderança nacional no combate às alterações climáticas. A iniciativa inédita no Brasil prevê identificar e analisar as implicações associadas as trajetórias alternativas, tecnicamente exequíveis, economicamente viáveis e socialmente justa, permitindo alcançar o objetivo de neutralidade de emissões carbônica da economia fluminense.

Portal de mudanças climáticas do Estado do Rio de Janeiro
Governo do Rio inicia processo para tornar o estado carbono neutro

O governador Cláudio Castro criou um grupo de trabalho para identificar as ações necessárias para o Estado do Rio de Janeiro se tornar carbono neutro. O objetivo é fazer com que as emissões líquidas de gases que causam o efeito estufa sejam totalmente neutralizadas até o ano de 2045. A ação faz parte do decreto 47.638, publicado na última terça-feira, 8. O grupo terá que elaborar uma proposta para fomentar e regulamentar um mercado de carbono no Estado do Rio de Janeiro.

- Faremos isso incentivando o mercado de carbono, gerando receitas para o estado, e estimulando projetos de energia renovável - diz o governador.

O grupo de trabalho será coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e composto por representantes das secretarias da Casa Civil, Fazenda e Meio Ambiente, além de membros da Companhia de Desenvolvimento Industrial e da Agência Estadual de Fomento.

O Grupo de Trabalho Intersecretarial Rio Carbono Zero poderá indicar membros de notório saber na temática para participar das atividades. Um relatório de ações terá de ser enviado ao governador até dezembro deste ano. A iniciativa faz parte das políticas ambientais e de desenvolvimento sustentável do governo do estado, que surgiu de debates com a iniciativa privada e a sociedade civil organizada.


Fonte:
Link:

Bootstrap Image Preview

Todos os direitos reservados